Pages Navigation Menu

"Estejam sempre preparados para responder a qualquer que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês." 1 Pedro 3:15

3. O vírus da CULPA

PASTORAIS DA PANDEMIA

SENTIMENTOS

3. O vÍrus da CULPA

Por razão da pandemia, temos ficado em casa. Trabalhando ou não, temos tido tempo extra para refletir, olhar no espelho da alma! Gostamos do que vemos? Em parte. Afinal, se somos cristãos, o Espírito vem aperfeiçoando nosso caráter. Porém, ainda tem muito que ele precisa santificar (Fp 1.6; I Jo 3.2). Temos fraquezas. Pecamos. Daí o sentimento de culpa! É ruim, mas necessário.03 Arte CULPA

Culpa é um estado mental, emocional e espiritual de tristeza por algo errado que fizemos. Ocorre quando nossa consciência nos confronta, julga e condena por isso. Se bem que ela também nos defende. Se alguém, incluindo Satanás, nos acusa sem razão podemos dizer: “Minha consciência está tranquila. Não tenho culpa” (Rm 2.15; II Co 1.12; Ap 12.10). Não se sinta culpado, por exemplo, se testar positivo para o coronavírus…

Temos culpa quando desobedecemos às leis civis; mais quando desobedecemos à Lei de Deus, não as leis cerimoniais dadas aos judeus, mas a vontade de Deus para todas as culturas. Neste caso, a consciência nos acusa justamente, a menos esteja cauterizada (I Tm 4.2). É melhor ouvi-la!

Contra o vírus da culpa, há uma vacina dupla: arrependimento e confissão. Arrependimento sincero, não porque fomos pegos ou sofremos, mas porque ousamos pecar contra o Senhor! Confissão humilde e confiante, clamando ao Senhor por seu perdão. Ele é Pai de Misericórdias, perdoa mais prontamente e completamente que qualquer pessoa!

O rei Davi sofreu por muito tempo com um forte sentimento de culpa. Quando deu ouvidos à consciência, orou: “Compadece-te de mim, ó Deus… segundo a multidão das tuas misericórdias… Pequei contra ti… Purifica-me… Apaga todas as minhas iniquidades…” (Sl 51). Noutro Salmo, ele disse: “Condessei-te o meu pecado… E tu perdoaste a iniquidade do meu pecado” (Sl 32.5).

Se ofendemos ou entristecemos alguém mais, precisamos pedir perdão a este também e buscar reconciliação. Ninguém precisa viver com culpa! É muito ruim!

Éber Lenz César (eberlenzcesar@gmail.com)

Leia as outras mensagens desta série.

1. O vírus da ANSIEDADE

2. O vírus da SOLIDÃO

3. O vírus da CULPA

4. O vírus do MEDO

5. O vírus da TRISTEZA

6. O vírus da DÚVIDA

_________________________________________________

PASTORAIS DA PANDEMIA. SÉRIE I – Conforto

 

PASTORAIS DA PANDEMIA. SÉRIE II – Relacionamentos

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *