Pages Navigation Menu

"Estejam sempre preparados para responder a qualquer que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês." 1 Pedro 3:15

7. O vírus dos CONFLITOS

PASTORAIS DA PANDEMIA
III SENTIMENTOS
7. CONFLITOS

Andei lendo artigos sobre conflitos sociais e conjugais na pandemia. O Ministro Nefi Cordeiro (STJ) escreveu no site 07 Arte CONFLITOSConsultor Jurídico: “A pandemia da Covid-19 surpreende… pela evolução dos conflitos pessoais e institucionais…”. Pedro Nakamura, estagiário de jornalismo, escreveu: “Confinados e estressados, os casais têm brigado mais… Os conflitos conjugais aumentaram 451%”. No site Gaúcha ZH, um articulista citou a terapeuta Katy Ziegler Hias: “A hiperconvivência ganhou ares de ‘prova de fogo’ para boa parte dos casais…” Há muitos outros conflitos, mas, nesta reflexão, atenho-me, muito resumidamente, aos conflitos conjugais.

O referido site Gaúcha ZH aponta as causas: uso excessivo de celular, críticas, home office, rotina, falta de diálogo, falta de romance, educação dos filhos etc. Autores cristãos mencionam três áreas da vida onde mais ocorrem conflitos: dinheiro (consumismo, bens, conforto), sexo (amor, romance, carências afetivas) e poder (autoridade, comando, realização).

A pandemia apenas agravou um problema já existente. Os casais e as pessoas de modo geral, cristãos inclusive, sempre tiveram conflitos. Temos formação, gostos, necessidades, interesses e objetivos diferentes. Não seria problema, não fossem nossas tendências pecaminosas, as chamadas “obras da carne”: imoralidade sexual, discórdias, ciúmes, raiva, egoísmo, dissensões e coisas semelhantes (Gl 5.19-21). Estes são vírus mortíferos! Matam pessoas, casamentos, famílias, amizades!

Qual seria a vacina? Cristo! O apóstolo Paulo confessou: “Na minha carne não habita bem nenhum. O querer o bem está em mim; não, porém, o efetuá-lo”. Estava contaminado! Porém, à frente, ele exclamou: “Graças a Deus por Jesus Cristo!” (Rm 7.18,25). Se nos submetermos ao Espírito Santo, o Espírito de Cristo, se orarmos e levarmos a sério os ensinos da Palavra de Cristo, ele nos encherá de amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Este é o chamado “fruto do Espírito” (Gl 5.22-23).

Com isto, podemos resolver nossos conflitos, mesmo na pandemia! Vivamos em paz e felizes uns com os outros.

(eberlenzcesar@gmail.com)

Se desejar, leia um texto mais completo sobre CONFLITOS CONJUGAIS, parte do curso CONSTRUINDO O CASAMENTO COM AMOR.

Leia as outras mensagens desta série.

 

1. O vírus da ANSIEDADE

2. O vírus da SOLIDÃO

3. O vírus da CULPA

4. O vírus do MEDO

5. O vírus da TRISTEZA

6. O vírus da DÚVIDA

________________________________

PASTORAIS DA PANDEMIA I – Conforto

 

PASTORAIS DA PANDEMIA II – Relacionamentos

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *