Pages Navigation Menu

"Estejam sempre preparados para responder a qualquer que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês." 1 Pedro 3:15

2. Não perca a ESPERANÇA

Pastorais da pandemia  –  IV. ESPERANÇA

2. Não perca a ESPERANÇA

“A esperança é a última que morre”, costuma-se dizer. Mas que esperança é essa? Por que enfraquece e morre? Talvez porque o esperado está demorando muito para acontecer. Ou porque, a despeito das orações, o problema não se resolve, a esposa não engravida, o filho não toma jeito, a doença se agrava, a pandemia não passa…02 Arte nao perca ESPERANCA

Acontece que muitas dessas nossas esperanças não têm bases sólidas. Não têm o selo divino! Nós as temos e alimentamos porque é o e nós queremos. Porém, o que nós queremos muitas vezes não é o que Deus quer ou o que ele prometeu em sua Palavra. Devemos submeter nossas esperanças à sua vontade e ao seu calendário. “Se Deus quiser, quando quiser!” Feito isso, não percamos a esperança, jamais.

Temos esperanças baseadas em promessas de homens… Melhor não confiar muito, pois, “o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do Senhor” (Jr 17.5). Dinheiro e riquezas também não são garantia… O apóstolo Paulo escreveu a Timóteo: “Exorta aos ricos… que não depositem sua esperança na instabilidade da riqueza, mas em Deus…” (I Tm 4.17).

É isso aí. A esperança do crente firma-se em Deus, em Cristo e em sua Palavra. “Bendito o homem que confia no Senhor e cuja esperança é o Senhor… No ano de sequidão [da pandemia], não se perturba…” (Jr 17.7). Jesus disse aos seus discípulos: “Não fiquem aflitos! Vocês não creem em Deus? Creiam em mim também!” (Jo 14.1). Foi por seu intermédio que Deus, o Pai, “nos regenerou para uma viva esperança”  (I Pe 1.13). Jesus é “nossa esperança” (I Tm 1.1). Quanto à Palavra, foi toda ela inspirada por Deus e “está firmada no céu… Foi estabelecida para sempre” (I Tm 3.16; Sl 119. 89, 152).

Então,

“Que o Deus da esperança vos encha de todo gozo e paz no vosso crer, para que sejais ricos de esperança…” (Rm 15.13).

eberlenzcesar@gmail.com

LEIA AS OUTRAS MENSAGENS DESTA SÉRIE SOBRE ESPERANÇA

1. A graça dá ESPERANÇA 

3. Que ESPERANÇA temos?

4. A esperança das ESPERANÇAS

5. A ESPERANÇA dos alfinetes

6. Benefícios da ESPERANÇA

_____________________________________________

VEJA TODAS AS PASTORAIS DA PANDEMIA

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *